NATÁLIA BIANCHI

NATÁLIA

BIANCHI

Nascida na década de 80 em Caxias do Sul, desde muito cedo teve contato com desenhos de moda no ateliê da avó. Inspirada neles rabiscou sua infância nos blocos de folhas usadas que o pai lhe trazia e nas paredes que a mãe forrava com papel. A artista, que não enxerga cores em decorrência da Acromatopsia, percebe o mundo de forma peculiar, diz que suas cores vem de dentro, o que dá sentido ao seu processo de trabalho. Natalia enxerga o contraste, a tonalidade, a textura, e busca nos grafismos e nas formas abstratas novas possibilidades de olhar.

Para ela, não ver as cores como a maioria das pessoas, é ter dentro de si a capacidade de desconstruir o que enxerga criando novas imagens mentais, e acima de tudo é ser poeticamente livre. Natália já participou de diversas exposições coletivas e individuais como as mostras individuais “Percepções Acromáticas” e “Trajetórias de uma percepção” nas cidades de Caxias do Sul, Monte Alegre dos Campos, Vacaria, Campestre da Serra e Esmeralda. Sua exposição mais recente aconteceu em outubro de 2019 na Galeria do Campus 8 – Cidade das Artes (Caxias do Sul), sob o título ACROMATOPOS e teve curadoria de Silvana Boone. Dentre as exposições coletivas destacam-se “Fora da Cor”, Sincronismos” e “Mulheres no Plural”, todas com Curadoria de Ana Zavadil.

CAXIAS DO SUL

Rua Feijó Júnior, 975 – Sala 1007

Bairro São Pelegrino – Via Decorata

Caxias do Sul – RS – Brasil

(54) 3028.7896

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

De seg a sex: das 09 às 12h | das 13:30 às 19h
Aos sábados, das 09 às 12h

Rolar para o topo