IBERÊ CAMARGO

IBERÊ

CAMARGO

Foi no final dos anos 1950 que o artista desenvolveu um dos temas mais recorrentes em sua pintura: os Carretéis. São brinquedos de sua infância que o levaram à abstração, e que estiveram presentes em sua obra até a fase final. O carretel, para Iberê, sempre teve caráter dinâmico, e não apenas pela forma. O artista o identifica com movimento. Na década de 1980, retomou a figuração.  

Nesta época, solidão e o isolamento eram temas recorrentes. Os manequins retratados são pinturas descritas pelo artista como “sombrias, dramáticas e sujas”, condizente com sua visão sobre a banalidade das relações entre as pessoas e a deterioração da condição humana. 

Iberê nasceu em Restinga Seca, em novembro de 1914. Iniciou seu aprendizado em Santa Maria. Em 1936 conheceu Maria Coussirat Camargo, com quem se casou. Em 1982, retornou a Porto Alegre, onde produziu duas de suas séries mais conhecidas: os Ciclistas e as Idiotas. 

Faleceu em agosto de 1994, aos 79 anos. 

CAXIAS DO SUL

Rua Feijó Júnior, 975 – Sala 1007

Bairro São Pelegrino – Via Decorata

Caxias do Sul – RS – Brasil

(54) 3028.7896

HORÁRIO DE ATENDIMENTO

De seg a sex: das 09 às 12h | das 13:30 às 19h
Aos sábados, das 09 às 12h